Um guia para iniciantes do Git - como iniciar e criar seu primeiro repositório

Se você é um desenvolvedor e deseja começar com o Git e o GitHub, este artigo foi feito para você.

Agradecimentos especiais ao SOSC por aceitar que eu uso esta imagem no meu artigo

Após uma breve introdução sobre o que é o Git e como usá-lo, você poderá criar e trabalhar em um projeto do GitHub.

O que é o Git?

O Git é um software livre e de código aberto criado por Linus Torvalds em 2005. Esta ferramenta é um sistema de controle de versão que foi desenvolvido inicialmente para trabalhar com vários desenvolvedores no kernel do Linux.

Existem muitos sistemas de controle, como CVS, SVN, Mercurial e outros, mas hoje o Git é o software padrão para controle de versão.

Controle de versão, certo?

Se você é novo no mundo do desenvolvimento, essas palavras não lhe dirão nada. No entanto, após este breve parágrafo, não se preocupe, você saberá exatamente o que é um "Sistema de Controle de Versão (VCS)".

O controle de versão é um sistema de gerenciamento que leva em consideração as modificações feitas em um arquivo ou em um conjunto de arquivos (exemplo: um projeto de código). Com esse sistema, os desenvolvedores podem colaborar e trabalhar juntos no mesmo projeto.

Um sistema de ramificação é realizado pelo controle de versão e permite que os desenvolvedores trabalhem individualmente em uma tarefa (exemplo: uma ramificação, uma tarefa ou ramificação, um desenvolvedor) antes de combinar todas as alterações feitas pelos colaboradores na ramificação principal.

Todas as alterações feitas pelos desenvolvedores são rastreadas e salvas em um histórico. Pode ser benéfico acompanhar as modificações feitas por todos os colaboradores.

Histórico de alterações do Version Control System (VCS) - Direitos autorais da publicação ToolsQA

Onde encontrar repositórios Git

Se você deseja começar a usar o Git, precisará saber onde hospedar seus repositórios. Existem muitas plataformas de hospedagem nas quais você pode colocar seu código gratuitamente. Algumas opções não são gratuitas, mas principalmente você não precisa delas, exceto em casos específicos.

Aqui estão os três serviços de hospedagem Git mais populares:

  • GitHub: Possuído recentemente pela Microsoft - Lançado em 2008 (31 milhões de usuários em outubro de 2018).
  • GitLab: Propriedade da GitLab Inc. - lançada em 2011.
  • BitBucket: Propriedade da Atlassian - Lançada em junho de 2008.
Nota: As plataformas de hospedagem estão disponíveis de duas maneiras, na nuvem (hospedada online) ou auto-instaladas no servidor (hospedagem privada).

Por que usar o Git como desenvolvedor

Essa ferramenta é inevitável para desenvolvedores em todo o mundo. Aqui está uma lista de vantagens desta ferramenta:

  • Chega de cópias. Quando você finaliza seu trabalho em uma atualização significativa para o seu aplicativo ou em uma correção de bug, você só precisa "colocar" o seu projeto on-line para salvá-lo.
  • Exclua e quebre seu código; você só precisa digitar um comando para voltar à versão anterior e continuar seu trabalho.
  • Trabalhe com seus amigos sem enviar um email com o projeto compactado toda vez que o código for alterado.
  • Você pode se esquecer do que fez. É necessário um comando simples para verificar suas alterações desde a última vez em que você salvou seu trabalho.

Acabei de dizer as principais vantagens se você não usa o Git no momento. Acredite em mim; essa ferramenta pode se tornar fundamental. Como exemplo, você pode configurar os serviços para trabalhar com o Git e implantar e testar automaticamente seu código.

Agora, vamos praticar com o Git e o GitHub

Agora que você sabe o que são o Git e o Github, é hora de praticar com exercícios concretos.

Após esses exercícios, você poderá criar e gerenciar seus projetos via GitHub com todos os recursos básicos do Git.

Nota: escolhi o GitHub como nosso serviço de hospedagem para o Git, porque é o mais usado no mundo. Não tenha medo; o procedimento é o mesmo em outros serviços.
Lembre-se de que este artigo leva em consideração que você conhece todos os comandos básicos do SHELL. Caso contrário, algumas partes deste artigo serão confusas.

Etapa 1 - Hora de começar!

Ansioso para começar? Vamos fazer isso!

Este primeiro exercício não é muito complicado; está dividido em duas etapas. A instalação do Git e a criação da conta do GitHub.

uma. Criação de conta no GitHub

Para criar sua conta, você precisa se conectar na página principal do GitHub e preencher o formulário de registro.

Página principal do GitHub com formulário de inscrição

Nada mais! Você é oficialmente um novo membro do GitHub!

b. Instalação Git

Agora você precisa instalar as ferramentas do Git no seu computador. Existem diferentes softwares Git, mas é melhor instalar o básico para começar. Usaremos a linha de comando para se comunicar com o GitHub.

Quando estiver mais confortável com a linha de comando, você poderá baixar o software Git com uma interface de usuário.

  • Para o Ubuntu:

Primeiro, atualize seus pacotes:

$ sudo apt update

Em seguida, instale o Git com o apt-get:

$ sudo apt-get install git

Por fim, verifique se o Git está instalado corretamente:

$ git --version
  • Para MacOSX:

Primeiro, baixe o instalador mais recente do Git for Mac.

Em seguida, siga as instruções na tela.

Por fim, abra um terminal e verifique se o Git está instalado corretamente:

$ git --version
  • Para Windows:

Primeiro, baixe o instalador mais recente do Git for Windows.

Em seguida, siga as instruções na tela (você pode deixar as opções padrão).

Por fim, abra um terminal (exemplo: powershell ou git bash) e verifique se o Git está instalado corretamente:

$ git --version
  • Para todos os usuários:

É necessário um último passo para concluir a instalação corretamente! Você precisa executar no seu terminal os seguintes comandos com suas informações para definir um nome de usuário e e-mail padrão ao salvar seu trabalho:

$ git config --global user.name "Gaël Thomas"
$ git config --global user.email "[email protected]"

Etapa 2 - Seu primeiro projeto no GitHub!

Agora que você está pronto, retorne à página principal do GitHub e clique no ícone "+" na barra de menus.

Barra de menus do GitHub com o ícone

Depois de clicar neste botão, um novo menu aparece com a entrada "Novo repositório". Clique nisso!

Submenu com entrada

A página de criação do repositório será exibida. Escolha um nome legal para o seu primeiro repositório e faça uma pequena descrição antes de clicar no botão “Criar repositório”.

Nota: no contexto deste artigo, não marque "Inicializar este repositório com um README". Criaremos um arquivo "README" mais tarde!
Menu de criação de repositório

Bem feito! Seu primeiro repositório GitHub é criado. Se você quiser ver todos os seus repositórios, clique na foto do seu perfil na barra de menus e depois em "Seus repositórios".

Submenu com a entrada

Etapa 3 - Uma boa cobertura

É hora de fazer sua primeira modificação no seu repositório. O que você acha de criar uma capa para ela, uma espécie de texto de boas-vindas?

uma. Uma versão local do seu projeto

Sua primeira missão é obter uma cópia do repositório no seu computador. Para fazer isso, você precisa "clonar" o repositório. Na página do repositório, você precisa obter o endereço "HTTPS".

Página de repositório com endereço

Depois de ter o endereço dos repositórios, você precisa usar o seu terminal (através dos comandos do shell) para mover-se para o local em que deseja colocar a cópia do diretório (por exemplo, você pode mover-se na pasta "Documentos"). Quando estiver pronto, você pode inserir:

Clone $ git [HTTPS ADDRESS]

Este comando fará uma cópia local do repositório hospedado no endereço fornecido.

Mensagem de saída do comando

Agora, seu repositório está no seu computador. Você precisa se mover nele com:

$ cd [NOME DO REPOSITÓRIO]
Nota: Quando você clona, ​​o Git cria um repositório no seu computador. Se desejar, você pode acessar seu projeto com a interface do usuário do computador.

b. Edição do Repositório

Agora você pode criar um arquivo chamado "README.md" em sua pasta (através do terminal ou da interface do usuário no seu computador). Não estou fornecendo mais detalhes sobre essa etapa, nada em particular. Abra sua pasta e adicione um arquivo como se fosse uma pasta padrão.

Se você quiser fazer algo legal, copie e cole este modelo no seu arquivo “README.md”. Você pode substituir as informações entre os ganchos para personalizar a saída.

c. Vamos compartilhar nosso trabalho!

Agora que você modificou seu projeto, é necessário salvá-lo. Esse processo é chamado de confirmação.

Para fazer isso, volte ao seu terminal. Se você fechou, volte para a sua pasta.

Quando você deseja salvar seu trabalho, são necessárias quatro etapas. Essas etapas são chamadas: "status", "add", "commit" e "push". Eu preparei um procedimento padrão para você executar sempre que quiser salvar seu trabalho.

Nota: Todas as etapas a seguir devem ser executadas no seu projeto.
  • "Status": a primeira coisa que você precisa fazer quando o seu trabalho é verificar os arquivos que você modificou. Para fazer isso, você pode digitar o seguinte comando para fazer aparecer uma lista de alterações:
Status $ git
Saída
  • “Adicionar”: com a ajuda da lista de alterações, você pode adicionar todos os arquivos que deseja enviar com o seguinte comando:
$ git add [FILENAME] [FILENAME] [...]

No nosso caso, adicionaremos "README.md" porque queremos salvar este arquivo.

$ git add README.md
Nota: Se você digitar novamente “status git”, o “README.md” aparecerá agora em verde. Isso significa que adicionamos o arquivo corretamente.
  • “Confirmar”: agora que adicionamos os arquivos de nossa escolha, precisamos escrever uma mensagem para explicar o que fizemos. Esta mensagem pode ser útil posteriormente, se quisermos verificar o histórico de alterações. Aqui está um exemplo do que podemos colocar no nosso caso.
$ git commit -m "Adicionado README.md com boa descrição."
  • "Push": você está aí, agora pode colocar seu trabalho online! Se você digitar o seguinte comando, todo o seu trabalho será colocado online e visível diretamente na página do repositório.
Mestre de origem $ git push

Você fez isso! Se você voltar à sua página de repositório no GitHub, você estará indo para o seu arquivo “README.md” com uma bela prévia dele.

Página de repositório com arquivo

Comandos úteis para o Git

Você ainda está perdendo alguns comandos essenciais como iniciante no Git. Aqui está uma lista que será útil para você durante o seu projeto.

  • Exiba o histórico de confirmações (todas as modificações feitas no projeto).
$ git log
  • Reverta todas as suas alterações desde a última confirmação.
$ git checkout.
  • Reverta todas as alterações em um arquivo específico desde a última confirmação.
$ git checkout [FILENAME]
  • Exibe as últimas alterações em um arquivo desde a última confirmação.
$ git diff [FILENAME]
  • Remova todos os arquivos inesperados do seu projeto (não confirmados).
$ git clean -dfx
  • Adicione todos os arquivos e faça uma confirmação ao mesmo tempo.
$ git commit -am [MENSAGEM]

Qual é o próximo?

Eu pretendo escrever a segunda parte deste artigo. Agora que você conhece o básico, apresentarei o trabalho colaborativo com o Git. Como criar ramificações, fazer fusões, etc. Fique atualizado!

Foi intenso, mas acabou ...

Obrigado pela leitura! Compartilho regularmente artigos no FreeCodeCamp; você pode conferir meu perfil no Twitter para acompanhar minhas atividades e obter dicas e notícias úteis sobre desenvolvimento.

Se você deseja aprender a codificar, receba recursos enviados diretamente para sua caixa de correio, que permitem melhorar suas habilidades de programação. Receba os artigos, cursos, tutoriais, dicas, livros, motivação e outros conteúdos exclusivos mais recentes.
Então, junte-se à nova comunidade dedicada ao código sem mais demora (garantia sem spam)!

-> Assine a newsletter [Here We Code]

Não hesite em me dar um feedback para melhorar meus futuros artigos nos comentários abaixo.