7 Desafios para a Implementação da Automação de Processo Robótica (RPA) e como superá-los

A história da RPA não é longa. Em maio de 2013, um relatório da McKinsey incluiu 'robótica avançada' entre as tecnologias disruptivas, aquelas que se espera que “transformem a vida, os negócios e a economia global”.

De acordo com o UiPath, 2014 foi o momento em que a automação de processos robóticos começou a ser um concorrente significativo da terceirização de processos de negócios. Posteriormente, foram necessários apenas mais dois anos até que ele começou a ser institucionalizado pelas empresas.

Onde estamos hoje? Estamos em um ponto em que a adoção e o dimensionamento avançaram tremendamente, e a RPA alcançou novos níveis de maturidade, tornando-se uma obrigação para as empresas determinadas a buscar uma vantagem competitiva real.

Em outras palavras, muitas empresas já aprenderam maneiras eficientes de superar os desafios da implementação e implantação de RPA, e a automação evoluiu para uma tecnologia central.

Para garantir um terreno comum, começaremos com a nossa definição de trabalho favorita de RPA, como uma ferramenta muito útil para o uso máximo eficiente dos recursos de uma empresa, onde 'ferramenta' significa software e serviços.

Quais são os resultados desse "uso maximamente eficiente de recursos"?

Segundo a McKinsey, o RPA pode gerar um ROI rápido e robusto, ou seja, até 200% no primeiro ano de implantação e economia de 20 a 25%.

Mas os benefícios vão além dos financeiros; considere a rápida escalabilidade para exigir picos, flexibilidade de funcionários, maior risco, conformidade e gerenciamento de auditoria. Talvez a conseqüência mais importante da automação seja uma maneira centrada no ser humano de fazer negócios, que deixa os clientes e os funcionários mais satisfeitos com os serviços aprimorados e com tarefas de maior valor, respectivamente.

Se você ainda está no início de sua jornada de automação e sente um pouco de profundidade na tentativa de lidar eficientemente com os desafios da implementação do RPA, escrevemos um ebook destinado a ajudá-lo a tomar decisões de implementação mais inteligentes.

Desafios de implementação de RPA e como superá-los

1. Começando com expectativas razoáveis

Dado o hype da RPA, é fácil ser vítima de uma perspectiva entusiasmada demais. Mas manter os pés no chão é crucial por causa do impacto em larga escala na avaliação dos resultados da automação e, portanto, nas decisões subseqüentes em relação à expansão para o nível da empresa. Uma maneira útil de fazer isso é começar com uma hierarquia clara dos objetivos de negócios e depois descobrir como exatamente o RPA pode ajudar a alcançá-los.

2. Gerenciando a resistência dos funcionários

A narrativa “robôs roubam nossos empregos”, frequentemente usada como uma objeção típica à automação de processos robóticos, é a principal razão da falta de disposição da equipe em aceitar novas tecnologias.

Antes de se engajar no projeto de automação, você deve educá-los sobre o que os robôs de software podem ou não fazer e ajudá-los a entender que os bots devem ser vistos como ajudando e não como impedindo as funções de trabalho atuais. Além disso, você deve investir no treinamento de funcionários regularmente, pois a 'era da automação' provavelmente exigirá que eles adquiram novas habilidades.

[Clique aqui para continuar lendo…]